Pistoleiros matam empresário a tiros em Igarapé Grande

1 de julho de 2019




O empresário Clebson Rodrigues da Silva, de 41 anos, conhecido como “Cutia”, foi assassinado a tiros, na tarde desta segunda-feira (1º), na cidade de Igarapé Grande, a 299 km de São Luís.

Ele é irmão do vice-prefeito de Bernardo do Mearim, Kedijon Rodrigues da Silva, conhecido como “Bidô”.

Segundo a PM, o crime ocorreu no Posto Igarapé, na saída para Bernardo do Mearim, no momento em que a vítima estava abastecendo seu veículo. Dois homens, que estavam em uma motocicleta, aproximaram-se e efetuaram vários disparos de arma de fogo.

Clebson ainda conseguiu manobrar o seu veículo, um Toyota Corolla, de cor branca, saindo em disparada do local do atentado. Porém, ferido com gravidade, provavelmente perdeu os sentidos e desmaiou durante a fuga. O Corolla colidiu contra um poste na MA-119.

A dupla que estava na moto em sua perseguição chegou depois, abriu a porta do carro e executou a vítima com outros tiros, à queima roupa. Após o assassinato, eles fugiram na moto, tomando rumo ignorado.

Policiais militares e civis estiveram no local realizando os primeiros procedimentos. O crime tem características de encomenda ou pistolagem

O corpo de Clebson Silva foi levado para o Hospital da cidade de Igarapé Grande.  O empresário deixa esposa Silvana e filhos.

Baleado em 2018 durante tentativa de assalto

No dia 18 de dezembro de 2018, por volta das 19h30, Clebson Rodrigues da Silva e a esposa Silvana foram vítimas de assalto na cidade de Bernardo do Mearim. “Cutia” foi alvejado com dois disparos de arma de fogo.

Na ocasião, a esposa disse que eles foram levar refeição para os operários que trabalhavam e dormiam na construção de uma casa, localizado no Bairro Melões, na saída da cidade, em direção a Trizidela do Vale, na MA-119, ao lado do posto de combustíveis.

"Assim que descemos do carro, começamos a descarregar um baldes de tintas, quando dois homens em uma moto se aproximaram, estavam armados e anunciaram o assalto. Eles gritavam: "Passa o celular! Passa o celular!" Como o local estava escuro, o Cutia correu para dentro de um mato próximo e eu corri para umas casas que ficam próximo ao posto de combustível. Foi então que eles atiram contra a gente. Eles atiraram na minha direção, e o tiro acertou o vidro do carro, mas eles acertaram o Cutia duas vezes. E depois subiram na moto e fugiram na direção de Pedreiras", relatou a esposa na ocasião.

Cutia foi socorrido e levado para o Hospital de Bernardo do Mearim. Após os primeiros procedimentos médicos, foi transferido de ambulância para o Hospital Macrorregional de Presidente Dutra. Ele passou alguns dias internado e se recuperou.

Com informações do Blog do Carlinhos

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita