Melhorias para o atendimento do Banco do Brasil em Amarante são discutidas por lideranças

29 de abril de 2019



Atendendo a uma das demandas recebidas na reunião com lideranças e trabalhadores rurais de Amarante no último sábado (27), o deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB) esteve nesta segunda-feira (29) em audiência com o superintendente comercial do Banco do Brasil da Regional de Imperatriz, Cristiano Monteiro, junto com as lideranças Cleiva Silva, Rosélis Carvalho, Vanderlan, Yuri Anceles e Major Alan, comandante do 34º Batalhão de Polícia Militar de Amarante, para buscarem melhorias no atendimento na unidade bancária no município.

O deputado Marco Aurélio solicitou o encontro entre as lideranças de Amarante com o representante do Banco do Brasil, informa que “Amarante é um dos municípios com maior potencial econômico da região Tocantina, com o maior rebanho bovino no estado, forte na agricultura familiar, também com forte inclusão de aposentadoria rural, porém, na cidade existe a dificuldade de circulação de dinheiro porque o Banco do Brasil limita o fluxo de numerários na agência, o que dificulta, tanto para os servidores, aposentados e população, como também para o comércio local. É necessário que o dinheiro circule no município para aquecer o mercado local e facilitar para a população “, destaca o deputado.

As lideranças Rosélis Carvalho e Cleiva Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Amarante, informam que o principal problema é a falta de dinheiro nos caixas, gerando despesas as pessoas que precisam sacar seus benefícios. “Os trabalhadores e principalmente os aposentados têm que ir a outras cidades, tendo despesas com passagens e alimentação, diminuindo sua renda, que muitas vezes já está quase toda comprometida”, declara a presidente do Sindicato.

No comando do Batalhão de PM de Amarante, o major Alan garantiu a eficiência da segurança pública no município, principalmente após o governador Flávio Dino ter transformado o destacamento em batalhão e ter aumentado o efetivo de policiais na região, além das condições de trabalho. “O Governo do Estado melhorou a nossa situação, com viaturas, armamentos e número de policiais, nos possibilitando a desenvolver um trabalho melhor e mais eficiente na segurança de Amarante e os municípios que compõem nosso batalhão” afirma o comandante, Major Alan.

O superintende comercial do Banco do Brasil, Cristiano Monteiro, que é responsável pela região, disse que as atividades teriam diminuído após o assalto que houve na agência há vários anos, mas que com as novas informações da polícia militar, demonstrou interesse em retomar as atividades, que por hora, será gradativa.

“Onde se encontra frágil a segurança pública, o banco adota algumas medidas, às vezes até a pedidos do próprio Banco Central para que se diminua o numerário na praça, mas já começamos a voltar o fluxo da praça e diante da solicitação e condições apresentadas, reforçaremos para que a agência volte a trabalhar com um numerário maior em Amarante. O banco tem feito essa reavaliação fortemente e se depender da nossa região, lá volta a ser uma agência, que terá autonomia maior” afirma o superintende do Banco do Brasil, Cristiano.

Nesse primeiro momento, ficou acordado e garantido pelo superintende do Banco do Brasil, que será feito um levantamento de todas as informações dos serviços que estão sendo executados na unidade e dados sobre o município, principalmente em relação à segurança pública, já apresentadas pelo major Alan. Essas informações serão levadas ao Banco Central, que já vem fazendo essas reavaliações em algumas unidades pelo estado, que no caso de Amarante, Cristiano declarou estar havendo mais benefícios do que custos.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita