Cheque Cesta Básica Gestante

Lava Prato - João Lisboa

Lava Prato - João Lisboa

SAMU comemora 14 anos de atuação em Imperatriz

26 de março de 2019


SAMU comemora 14 anos de atuação em Imperatriz
 Profissionais do SAMU passam por treinamento para melhorias a população. (Foto: Edmara Silva)
Com investimentos executados pela gestão municipal nos últimos dois anos, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU Regional Imperatriz, chega aos 14 anos de fundação avançando a cada dia. A singela solenidade de aniversário dentre os servidores marcou a data de fundação do SAMU de Imperatriz, nesta semana.
Pronto para mais avanços em atendimentos, o órgão foi criado pelo Ministério da Saúde por meio da portaria nº 326 de 4 de março de 2005, mas a implantação pelo Município se deu somente no dia 22 de março do mesmo ano, data que vem sendo comemorada todos os anos. O coordenador atual, o médico Alexsandro Freitas lembra que antes da instalação do SAMU, funcionou um serviço parecido com o nome de Central de Ambulâncias. 
Desde a instalação, o SAMU vem passando por mudanças como a elevação para a categoria de regional ocasião em que passou a regular, a partir de Imperatriz, os atendimentos de 14 bases descentralizadas instaladas nos seguintes municípios: Açailândia, Alto Parnaíba, Amarante do Maranhão, Balsas, Barra do Corda, Buriticupu, Carolina, Cidelândia, Grajaú, Itinga, São Pedro da Água Branca, São Raimundo das Mangabeiras, Sitio Novo e Vila Nova dos Martírios. No total incluindo a sede e os municípios, entre os que tem base e os vizinhos, são 36 cidades atendidas.
Mesmo com a regionalização, o SAMU passou por serias ameaças de fechamento após ser reprovado em fiscalização técnica do Ministério da Saúde no ano de 2016. Atualmente o órgão faz a cobertura de mais de 1 milhão de habitantes no Maranhão.
Diante das ameaças, graças a um esforço concentrado da Secretaria Municipal de Saúde, Assessoria de Projetos , da Coordenação do SAMU e empenho pessoal do prefeito Assis Ramos, o SAMU foi certificado pelo Governo Federal em janeiro deste ano, o que garantiu a manutenção de recursos e respectivamente a continuidade do serviço.
“Então a partir de 2017 conseguimos, com muitos esforços da gestão, nos adequar com novas ambulâncias, ampliação do prédio administrativo e da assistência, antes tudo era uma sala, e ampliar com a primeira base rural do Estado que fica em para atender melhor nossa zona rural’, destacou o coordenador Alexsandro Freitas.

Lista de exigências do Ministério da Saúde 
Foram listados 21 itens, e todos foram atendidos pela gestão municipal para garantir o funcionamento do SAMU, dentre eles, a central de material esterilizado; separação do lixo hospitalar do lixo comum; o controle da parte de gases medicinais; reformulação e adequação da farmácia do Samu que passou a funcionar com todos os requisitos preconizados pela legislação para uma farmácia inclusive com a presença de um farmacêutico além da aquisição de nove carros (com seguro) para a central.
Dentre os avanços que garantiram a certificação federal estão uma parceria com o Corpo de Bombeiros na qual uma ambulância fica nas dependências do quartel para atendimento a pacientes psiquiátricos e vítimas de acidentes de trânsito, além de aquisição de uniforme e botas padronizadas, usados por corporações militares que servem de Equipamento de Proteção Individual, EPI. O uniforme não era entregue para os servidores do SAMU desde o ano de 2012 e as botas desde 2009. 
Dentre as conquistas recentes estão a aquisição de seis desfibriladores portáteis que estão sendo utilizados em ambulâncias e na base da zona rural, dois ventiladores pulmonares avançados, a capacitação de pessoas e contratação de médicos por meio de seletivo.
”Tudo isso são avanços que o SAMU vem conquistando cerca de dois anos e, iremos avançar muito mais. O ano de 2019 será de bonança para o SAMU, no sentido de fazer a aquisição de materiais como mobiliário e equipamentos hospitalares também, cujas licitações já estão em andamento”, ressaltou o coordenador acrescentando que “tudo isso não poderia acontecer sem a participação e a determinação de nosso prefeito Assis Ramos e secretário de Saúde que não medem esforços para melhorar as estruturas do órgão”.
A secretária adjunta da Saúde, Mariana Jales, destacou que o SAMU é um dos serviços essenciais da saúde e demonstra o empenho da gestão para ampliar ainda mais esse serviço. "Duas novas bases foram instaladas em Imperatriz, tanto na zona rural, quanto na zona urbana, renovamos 100% da frota de ambulâncias e estamos focados em qualificar ainda mais esse serviço", frisou.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita