Sala de Situação vai disponibilizar dados sobre a Saúde Municipal

28 de fevereiro de 2019

Os serviços disponíveis vão atender a Lei de Acesso à Informação



 O novo programa vai levar maior transparência das ações do governo municipal na área da saúde (Foto: João Rodrigues)


A transparência, carro-chefe da administração Assis Ramos, foi ampliada com a entrada em atividade da Sala de Situação, que tem por finalidade levantar dados, detectar e resolver problemas relacionados a saúde pública em âmbito municipal. Em atividade desde o início deste mês, o espaço foi oficialmente lançado na sexta-feira, 22, na sede da Atenção Básica em reunião da coordenação com servidores da Saúde e convidados.
As informações para abastecer a Sala de Situação serão colhidas de forma contínua, mas será realizada uma reunião de trabalho sempre na segunda terça-feira de cada mês para alinhamento de dados e ajustes de informações.
“Eu e coordenadores, orientadoras técnicas, assessoria técnica e o Centro de Supervisão de Dados da Atenção Básica vamos nos reunir para fazer “raio x” de como estão sendo realizados os atendimentos pelas estratégias, para identificar necessidades e integrar programas para corrigir falhas e melhorar o atendimento à população”, explicou a coordenadora do programa Maíra da Silva Santos. As estratégias são as equipes que fazem os atendimentos à população nas Unidades Básicas de Saúde, UBS, compostas por enfermeiros, médicos, agentes de saúde, dentistas e profissionais do Núcleo de Saúde da Família, NASF.
A coordenadora geral da Atenção Básica, Sormane Branco destacou que a criação do programa, também, atende a uma recomendação do Ministério Público Estadual. Ela lembrou que assim que as informações que forem reunidas em banco de dados, ficarão à disposição das autoridades e da população para consulta via Lei de Acesso a Informação.
Estrutura da rede da Atenção Básica
A saúde municipal é formada por 37 Unidades Básicas de Saúde distribuídas por todo o Município. Com isso, a atual coordenadora do programa, ressaltou que a Sala representa bem a transparência da gestão Assis Ramos, que além de promover maior transparência às ações da gestão municipal, tem a preocupação em otimizar o trabalho que já vem sendo feito pela Secretaria Municipal de Saúde.
“A Lei de Acesso a Informação está aí para assegurar que a população tenha consciência e saiba o que está acontecendo na sua área, quais serviços estão sendo ofertados, o que ela pode contar, a quem deve recorrer, quais os programas que podem atender as necessidade dela”, disse, Maíra da Silva.
Informação nas UBS
Junto com a Sala de Situação, começaram a funcionar nas principais UBS monitores que ficarão fixados em pontos estratégicos. Neles serão veiculadas informações sobre os serviços disponíveis à população, os programas de saúde, as ações que foram acontecer e, brevemente, as informações que forem consideradas importantes resultado do trabalho da Sala de Situação.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita