Câmara Municipal de Imperatriz

Câmara Municipal de Imperatriz

SEPLU SERÁ MAIS RIGOROSA

24 de janeiro de 2019


Secretaria de Planejamento Urbano de Imperatriz, combaterá com mais rigor, a implantação de novas torres de operadoras de celular em área urbana

FOTO: Divulgação

IMPERATRIZ - À Prefeitura Municipal de Imperatriz por meio da Secretaria de Planejamento Urbano (SEPLU), combaterá com mais rigor a implantação de novas torres de celular em área urbana de Imperatriz. Segundo o Secretário do SEPLU Fidélis Uchôa, o objetivo não prejudicar as operadoras de celular, mas combater além de irregularidades na instalação de mais diversos tipos de antenas, inclusive as chamadas parabólicas, prevenir riscos de acidentes envolvendo quedas dessas torres em cima de residencias ou ate mesmo de empresas.

"No ano de 2016 no município de João Lisboa, ocorreu um acidente gravíssimo onde uma torre de 80 metros caiu em cima de uma residência, graças a Deus não teve vitimas, mas além do susto, danos materiais, já imaginou se tivesse alguém nessa residência? Seria uma tragédia. À torre tinha mais de 15 anos de instalada no local, pelo que se sabe, não houve uma fiscalização precisa, para saber se manutenção dessa torre estava em dias e de sua capacidade de alocação de novas antenas que é impactada por fortes ventos" - disse o Secretario  Fidélis Uchôa.  

FOTO: Reprodução/Tv Mirante - Torre de uma operadora que caiu em uma residência no município de João Lisboa.

O Secretário da SEPLU também ressaltou que depois dos desligamentos  total em dezembro de 2018 da faixa de canal que funcionava a TV Analógica no país, à Agencia Nacional de Telecomunicações (ANATEL), disponibilizou a faixa 700 MHz para as operadoras de telefonia móvel, explorassem a expansão do 4G e consequentemente o futuro 5G, entregando assim uma melhor qualidade de sinal e ate de distância. Uma única torre poderá entregar sinal móvel 10 vezes mais distante que o sinal convencional, melhorando assim a capacidade de entrega do sinal ao usuário.

"Por isso iremos combater com mais rigor essas expansões em área urbana, analisar se é viável ou não, já que a banda 700 MHz além de ter custos mais barato em suas implantações e substituições de antigas frequências utilizadas pelas operadoras móvel, as torres terá menos equipamentos e oferecerá menos riscos delas caírem com o peso" - afirmou o secretario.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita