Coordenador da campanha teme pela vida de Eliziane Gama

28 de setembro de 2018

O historiador Gledson Brito, um dos coordenadores da campanha da deputada Eliziane Gama (PPS) para o Senado Federal, afirmou em entrevista ao programa Os Analistas na última quinta-feira (27), que a candidata teme por sua própria vida após ataques sofridos nos últimos dias.
“A candidata reforçou toda a sua estrutura de segurança como um todo porque ela teme por sua própria vida”, afirmou Brito. “Pelo andar das coisas, estas pessoas para preservar seu nicho de poder vão recorrer a tudo”.
Esta medida deve ser tomada por Eliziane, principalmente após as diversas ocorrências de violência nestas eleições, um exemplo é o ataque recebido pelo candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora.
Gledson aponta claramente quem são as pessoas responsáveis por estes ataques endereçados a candidata ao Senado. Acrescentando que não apenas o motivo dela ser mulher, mas afirmando que ela se tornou o grande alvo do grupo.
“Tem o dado do machismo, mas tem também uma questão de sobrevivência. O que tá claro para mim é que o senador Edison Lobão e o ex-presidente José Sarney querem deixar um mandato no senado para os filhos”, afirmou.
A explicação dada por Brito seria o medo do grupo de oposição ficar sem mandato nos principais cargos encerrando um ciclo de uma geração.
“Em 2018 eles partem para quem ameaça esse capital político deles hoje. Os ataques que a candidata Elizane Gama vem sofrendo são desproporcionais e alheios a campanha propriamente dita”, explicou. “Se o governador Flávio Dino eleger seus dois senadores, acaba o capital político da família Sarney”.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita