Ações do Programa Saúde na Escola são apresentadas aos gestores

7 de agosto de 2018


 Planejamento foi definido e discutido em conjunto entre diretores de escolas e Unidades Básicas de Saúde (Foto: Maria Almeida)

Em reunião realizada na manhã desta terça feira, 7, foi entregue aos gestores de escolas e de Unidades Básicas de Saúde, o planejamento das ações 2018.2 do PSE – Programa Saúde na Escola. Cronograma contempla todas as atividades que serão desenvolvidas de agosto a dezembro nas unidades escolares do município. Iniciativa foi para alinhar o trabalho e definir um agendamento.

Segundo o coordenador do PSE, Manoel Alves, ações foram direcionadas por distritos: Cafeteria, Bacuri, Vila Nova e Santa Rita. “Todas as consultas, avaliações e exames levados às escolas, são feitas pelas equipes de ESF e pelas equipes de Saúde Bucal, por isso definimos por regiões para facilitar a logística e para cada escola ter sua referência dentro da saúde” – explicou.

Participaram do encontro cerca de 90 diretores de escolas e aproximadamente 40 gestores da saúde. Na oportunidade já foram definidas as datas de realização das ações em cada Unidade.

“A partir dessa reunião já sabemos como vai funcionar a agenda de trabalho e o que é prioridade. Isso faz com que gestores e professores se atentem para as necessidades e saibam receber melhor as equipes de saúde e até orientar os alunos para o que é preciso levar nos dias das ações, como o cartão SUS, por exemplo,” – ressaltou a coordenadora dos anos iniciais do Ensino Fundamental, Rinalda Sales.

Atividades do PSE foram pautadas em 12 diretrizes:

Combate ao mosquito Aedes aegypti; Promoção das práticas corporais, da atividade física e do lazer nas escolas; Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; Promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos; Prevenção das violências e dos acidentes; Identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação; Promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor; Verificação e atualização da situação vacinal; Promoção da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil; Promoção da saúde auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração; Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS; e Promoção da saúde ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita