Morre médica que foi encontrada desacordada no estacionamento do Hospital UDI, em São Luís

19 de julho de 2018



“Porque os meus pensamentos não são os teus pensamentos, nem os teus caminhos os meus caminhos,” diz o Senhor. Como os Céus são mais altos que a Terra, assim são os Meus caminhos mais elevados que os seus caminhos e os Meus pensamentos [mais elevados] do que os vossos pensamentos. ” Isaías (55: 8-9). Faleceu na madrugada de ontem, quarta-feira (18) a médica Hermanna Maranhão, de 31 anos, que foi encontrada por um vigilante no final da semana passada dentro do carro dela, no estacionamento do UDI Hospital, local onde trabalhava e era muita querida. O Blog do Luis Cardoso publicou na terça-feira que a profissional de Saúde havia ingerido medicamentos, conforme informações de colegas médicos, e que teria sofrido parada cardiorrespiratória. Hermanna permaneceu por vários dias em estado de morte encefálica internada no segundo andar do UDI Hospital. O horário e local de enterro não foi divulgado. Pessoa próxima da família dela publicou nas redes sociais, na terça-feira passada, desmentido de suicídio ou que a médica estaria tendo problemas depressivos. O blog publicou, segundo opinião de colegas médicos, que ela estaria com depressão e que houve tentativa de homicídio. Abaixo o relato de alguém próximo à família de Hermanna Maranhão. Muitos blogs noticiaram antecipadamente a morte da jovem médica radiologista Hermana da Ilha Maranhão, que teve uma parada cardiorrespiratória dentro de seu carro no estacionamento de um hospital de São Luís, sem se quer buscar a informação correta sobre o fato. Hermana Maranhão além de médica ( trabalha em 3 hospitais) , é formada em relações internacionais e comércio exterior em São Paulo, fala fluentemente quatro idiomas,é pianista clássica e prestava serviços filantrópicos na pediatria. Ela é muito religiosa e jamais cometeria suicídio. Todos os boatos sobre tentativas de suicídio são falsos. Hermana é casada, tem uma filha e ama a sua família ( Pai, Mãe e irmãos). É desrespeitoso as pessoas se aproveitarem de um momento crítico de outras pessoas, para criarem histórias fantasiosas, boatos, notícias falsas e tudo isso para ganharem curtidas e compartilhamentos nas redes sociais. Conforme informações da família, Hermana nunca foi depressiva, nunca usou medicamentos para emagrecer ou similares. É extremamente comprometida com o seu trabalho e tudo que se empenhava a fazer. Ela está viva e luta pela vida numa UTI em São Luís. O estado é delicado sim, mas para Deus nada é impossível. A família e os amigos pedem que as pessoas orem por ela, uma menina cheia de alegria e amor, que está passando pelo pior momento de sua vida. Do Blog do Luis Cardoso
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita