Eliziane Gama repudia mudanças na regulamentação de agrotóxico

22 de junho de 2018

A deputada federal Eliziane Gama (PPS), avaliou nesta quarta-feira (20), na Tribuna da Câmara Federal como danoso o Projeto de lei que fragiliza a fiscalização e disciplina no uso de agrotóxicos.  

Na opinião da parlamentar, o Brasil precisa encontrar um equilíbrio entre sustentabilidade, saúde da população e desenvolvimento econômico, pois para ela os lucros não devem vir antes da saúde do povo em uma escala de prioridades.

“O simples fato de querer transformar a nomenclatura de agrotóxicos em defensivos fitossanitários é uma forma de atenuar o dano causado por um produto alterando apenas o nome e afrouxando a legislação sendo que o Brasil já figura entre os países que mais faz uso de agrotóxico”, enfatizou Eliziane Gama.

Eliziane lembrou que o setor agrícola brasileiro é responsável por gerar crescimento tanto econômico como social.

“Temos que fomentar ainda mais esse setor produtivo, mas nunca em hipótese alguma podemos fazer isso em detrimento da saúde das pessoas por isso esse PL 6299/2002 é tão danoso para o Brasil”, revelou a deputada maranhense.

A parte mais polêmica da proposta deixa o Ministério da Agricultura como responsável pelos novos registros de agrotóxicos. Atualmente, esse controle é do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária que põe o meio ambiente e saúde como prioridades.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita