Evangélico, dono de rede de postos de combustíveis no Maranhão, é executado por pistoleiros

25 de abril de 2018



Uma família no interior do Maranhão vem sendo marcada como vítima de crimes de encomendas executados por pistoleiros, já tendo três mortos com o que foi assassinado hoje, 3 km da cidade de Junco. Marcelo (foto abaixo) era dono de rede de postos de combustíveis e fazendas. Da família dele foram executados também o irmão Valdecyr, donos da rede de postos de combustíveis Santa Maria e Fabinho, que é sobrinho. 

Naquela região é do conhecimento de todos uma rixa entre a família das vítimas e do fazendeiro Patrick, que encontra-se preso em Pedrinhas, acusado de comandar várias mortes em regiões do Pernanbuco, assim como o provável roubo de gado e carga.

Na campanha eleitoral de 2014, Patrick hospedava em sua fazenda o candidato Flávio Dino e estava se preparando para sair candidato a deputado estadual agora em 2018.

Recentemente um irmão de Patrick foi executado numa estrada e até agora a polícia não desvendou o crime. A família e amigos do finado Valdecyr garantem que não têm nenhuma ligação com a morte do irmão de Patrick.

De acordo com as primeiras informações, Marcelo, que é evangélico e também dono de postos de combustíveis no Pará, estava na estrada quando um Corola de cor azul se aproximou, crivou e furou de balas o carro da vítima, ferindo ainda um policial de nome Belfort e um segurança. Marcelo foi levado a um hospital, não resistindo, veio a óbito.

Eles estavam saindo de Nunes Freire com destino a uma fazenda em Amapá do Maranhão, mas a execução aconteceu 3 km da cidade do Junco, quando apareceram quatros homens fortemente armados. A polícia não conseguiu localizar nenhum deles até o momento.

FONTE: BLOG LUIS CARDOSO

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita