ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

Imperatriz goleia São José e pega o Moto Club na final do Maranhense

25 de março de 2018

O Imperatriz está garantido na final do Campeonato Maranhense de 2018, contra o Moto Club, e vai ter o direito de fazer a segunda partida no Estádio Frei Epifânio e ao empate no placar agregado. As datas anunciadas pela Federação Maranhense de Futebol (FMF), em seu site foram os dias 5 de abril (quinta-feira), às 21h45 e dia 8 abril (domingo), às 18h, mas a diretoria do Imperatriz adiantou que pretende antecipar as partidas.  Reveja aqui como foi a cobertura em tempo real.

A vaga na final foi possível porque o Cavalo de Aço venceu por 4 a 0 o São José de Ribamar, na noite deste sábado (24), no Estádio Frei Epifânio, na segunda partida das semifinais.

No primeiro confronto, no Nhozinho Santos, em São Luís, o placar foi 0 a 0, e o Cavalo tinha a vantagem de novo empate, no entanto a segunda partida seria em São Luís.

Com o apoio de sua torcida, o Imperatriz entrou em campo motivado e impôs seu ritmo de jogo. Mesmo com melhor postura em campo, só quase no fim do primeiro tempo marcou o primeiro gol do jogo.

O São José, também, começou bem, mas sentiu o primeiro gol, principalmente, a expulsão do lateral direito Paulo Maranhão, no finzinho da primeira etapa, por falta e pisão em Adauto Júnior.  Depois de receber o cartão vermelho direto, o jogador do São José deu um chute no assistente número dois, Antonio Sousa.

O Jogo

A torcida, que praticamente lotou o Estádio Frei Epifânio, na noite deste sábado ficou feliz com a classificação do Imperatriz para a final. Nos dias que antecederam a partida jogadores e crônica esportiva lembraram da partida da terceira rodada, fase de grupos, em que o São José venceu o Cavalo de Aço por 2 a 1, de virada, resultado que causou a demissão do treinador Paulinho Kobayashi.

O receio do “Peixe Pedra” repetir o feito foi acabando quando a partida começou. Os jogadores mostraram muita disposição, com o Imperatriz melhor em campo, embora sem conseguir marcar. O meia Zé Neto, uma das novidades da escalação, sofreu falta e teve de deixar o campo de maca direto para o hospital com suspeita de entorse no joelho.

No lugar de Zé Neto entrou o meia-atacante Adauto Júnior, o que levou o meia Sousa Tibiri a retornar originalmente ao meio campo. Na pratica o Cavalo de Aço ficou com três atacantes: Adauto Júnior, Taynann e Júnior Chicão e o ataque melhorou a pontaria com a marcação de quatro gols. Marcaram Michael (36 minutos), Taynann (41 minutos) e Adauto Júnior, no primeiro tempo. O atacante Júnior Chicão fechou a conta (3 minutos da etapa final).

Por jogada violenta o lateral direito do São José Paulo Maranhão, foi expulso. Ele foi denunciado à policia por agressão ao assistente de arbitragemAntonio Sousa.

Depois de ter ido para o intervalo com uma derrota parcial de 3 a 0 e um jogador expulso, o São José voltou para o segundo tempo mais para se defender.  Praticamente não atacou na etapa final. O gol do atacante Júnior Chicão deu números finais ao placar e abateu, de vez, o “Peixe Pedra.  Ficou um jogo de defesa contra ataque em que o Imperatriz perdeu chances de ampliar.  Para a primeira partida da final contra o Moto, o Imperatriz não vai poder contar com o goleiro Gean, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita