“Fumantes ativos têm maior risco de sofrer com problemas na coluna”, diz especialista

21 de março de 2018

As dicas são especialista em coluna, da Clínica da Coluna, Dr. André Pagotto.

Sofrer com dores na coluna se tornou uma situação comum para boa parte da população. Entretanto, muitas pessoas não conseguem lidar com a dor e o desconforto causados, por isso acabam deixando esse problema fazer parte de suas rotinas. O especialista em coluna, da Clínica da Coluna, Dr. André Pagotto dá algumas dicas para quem não tem ideia de como amenizar as dores quando não podem ir imediatamente ao médico.

1. “Nós precisamos nos exercitar regularmente, pois a saúde da coluna depende muito disso” explica o médico. Os exercícios fortalecem os músculos, proporcionam condicionamento físico e deixam o indivíduo saudável, o que diminui as chances de dores nas costas. “Fortalecer a musculatura das costas é ideal”, ressalta.

2.  O Doutor explana que “se você é fumante ativo, está na hora de repensar esse vício, pois o risco de sofrer com problemas na coluna é maior”. O fumo diminui o fluxo de sangue que amortecem as vértebras na coluna, gerando incômodos e problemas futuramente. Não apenas a coluna, o cigarro é um mau que afeta todo o organismo humano, causando o maior número de mortes que podem ser evitadas, revela.
               
3. O médico fala que “um dos problemas muito frequentes é o levantamento inadequado de peso, principalmente entre homens que trabalham com serviços braçais. O ideal é remover o objeto com segurança e sempre ter ajuda de um parceiro para dividir o peso”.

4. Outro ponto crucial para uma boa saúde da coluna apontado pelo Doutor é a postura adequada ao trabalhar com o uso de smartphones, tablets e laptops. “Verifique sempre ao longo do dia se a altura desses eletrônicos estão na altura dos olhos. E faça pausas de 30 min para se espreguiçar e alongar”.

5. Em alguns casos o estresse é a raiz do problema. Ele acumula tensão muscular nas costas, que causa sensação de peso e dores nos ombros e coluna. “Tente evitar o estresse em algum momento da sua rotina, se distancie do barulho, peça que alguém faça uma massagem e desligue-se de aparelhos eletrônicos”, ensina o médico.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita