IPVA + MOTO LEGAL

IPVA + MOTO LEGAL

ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

SÃO LUÍS:Livro reúne poemas e desenhos da campanha de prevenção às drogas do MPMA

21 de outubro de 2017


Foi lançado na manhã desta sexta-feira, 20, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, o livro “Quem escolhe o seu caminho? Você ou as drogas? - poesias e desenhos reunidos”, que reúne poemas e ilustrações feitos por alunos de escolas das redes públicas municipal e estadual, premiados nas edições de 2014 e 2015 da campanha homônima de prevenção às drogas, promovida pelo Ministério Público do Maranhão.
Autoridades do MPMA e de instituições parceiras, além de estudantes, gestores e professores compareceram à solenidade.
Com 99 páginas, a publicação tem como autores 72 alunos de 13 escolas municipais e estaduais.
Criada há quatro anos pela promotora de justiça Cristiane Maia Lago, titular da 11ª Promotoria de Justiça de Substituição Plena de São Luís, a campanha “Quem escolhe o seu caminho? Você ou as drogas?” tem o objetivo de alertar crianças e jovens para os problemas decorrentes do uso de entorpecentes.
O programa é direcionado a estudantes das redes públicas de ensino. Palestras, debates e concursos de poesia e desenho são as principais atividades da campanha. Além de São Luís, a ação já foi implementada em outros municípios do Maranhão, como Imperatriz e Açailândia.
No lançamento, a promotora de justiça Cristiane Maria Lago comentou sobre o conteúdo do livro, ressaltando que o objetivo da campanha é provocar uma reflexão sobre as consequências do uso de drogas e que o resultado tem sido muito positivo. “Estes trabalhos, contidos no livro, demonstram que nossas crianças e jovens podem ser protagonistas de histórias vitoriosas. Acreditamos que a prevenção nas escolas é menos traumática e menos onerosa do que o tratamento posterior”, completou.
A promotora de justiça também agradeceu e destacou o empenho das escolas, instituições e entidades parceiras do projeto. “Gostaria de ressaltar que todas as instituições envolvidas estão de braços abertos para vocês, para que ninguém se envolva com drogas”, ressaltou.
Representando a Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), o promotor de justiça Gilberto Câmara França Júnior enalteceu o teor preventivo da campanha, como forma de conscientização dos jovens para a diminuição do uso de drogas e da violência na sociedade. “Na atualidade, a maioria dos crimes cometidos estão relacionados ao uso ou tráfico de drogas. As oportunidades são poucas e as tentações são muitas”, alertou.
Como representante do procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, o diretor da secretaria para Assuntos Institucionais, promotor de justiça Marco Antonio Amorim, igualmente comentou sobre a importância do molde preventivo da campanha. “As pessoas hoje em dia estão com receio de sair de casa com medo da violência e a droga tem relação direta com este problema. Por isso, a colega Cristiane Maia foi muito feliz em escolher atuar na prevenção”. Ele também destacou o apoio no desenvolvimento do trabalho. “O procurador-geral de justiça, desde o início, apoiou a iniciativa e institucionalizou a campanha, dando todo o suporte para que fosse o sucesso que estamos presenciando.”
O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, parabenizou os estudantes que participaram do projeto e destacou a importância do trabalho do professor para a transformação da sociedade, incluindo na prevenção das drogas. “Nós sabemos que este caminho é pernicioso tanto para quem usa, que adoece, quanto para quem entra pro tráfico. Por isso, eu afirmo: quem escolhe o seu caminho é você e não as drogas”.
Alertando sobre o aumento dos crimes relacionados ao consumo e venda de drogas no Brasil, o secretário nacional da Juventude, Francisco de Assis Silva Filho, parabenizou o trabalho desenvolvido pelo Ministério Público de conscientizar estudantes das escolas públicas. “Sem dúvida, a prevenção é melhor que a repressão”, completou.
O secretário de estado de Políticas Públicas, Marcos Pacheco, lembrou que mais de 300 escolas do estado já contam com o Conselho de Políticas sobre Drogas, cujo objetivo é trabalhar a prevenção nas escolas de forma participativa. “Nós vivemos aqui para ter vida em abundância”.
Também se pronunciaram os deputados estaduais Roberto Costa e Eduardo Braide.
Igualmente compuseram a mesa da solenidade a diretora da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão (ESMP), promotora de justiça Ana Teresa Silva de Freitas, o juiz Júlio César Prazeres (Tribunal de Justiça), o inspetor Moreno (Polícia Rodoviária Federal), Ana Maria Serra Pires (representando a Biblioteca Pública Benedito Leite) e Fernanda Miranda (Conselho Estadual sobre Drogas).
A mesa contou, ainda, com a estudante do Liceu Maranhense Nicole Mendes, que representou todos os estudantes que participaram do livro. A Banda do Bom Menino também participou da solenidade.
ESCOLAS
Estão presentes na obra trabalhos de estudantes das escolas Escola Estadual Bernardo Coelho de Almeida, Liceu Maranhense, Escola Estadual Benedito Leite, Escola Estadual Professora Rosália Freire, Unidade de Ensino Básico Ministro Carlos Madeira, Centro Educacional João Lisboa, Escola Estadual Bandeira Tribuzzi, Escola Municipal Maria Alice Coutinho, Escola Municipal Professor Sá Valle, Unidade Integrada Barbosa de Godóis, Centro de Ensino Estado do Pará, Escola Estadual Estado do Rio Grande do Norte e Escola Estadual Francisco de Assis Ximenes Aragão Filho.
Redação: Eduardo Júlio (CCOM-MPMA)
Fotos: Francisco Colombo (CCOM-MPMA)

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita