Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

Empreender como corretor: uma alternativa vantajosa em meio à crise econômica

30 de agosto de 2017

Com a queda dos trabalhos formais com carteira assinada, as pessoas estão buscando alternativas. Muitos estão optando por serem donos do próprio negócio, seja vendendo produtos, oferecendo assistência ou serviços, entre tantas maneiras. E é nesse cenário que as transações imobiliárias vêm sendo uma grande possibilidade para quem é ou quer se tornar um profissional liberal, fazendo assim com que crescesse o número de corretores, estimulados com os lançamentos de empreendimentos que voltam a surgir a todo vapor. É fato que a crise econômica ainda não passou. O setor de imóveis se sustenta de acordo com as possibilidades, mas apresenta expectativas de melhora que enchem os olhos de quem tem veia empreendedora. 

Uma vantagem em se tornar um corretor é poder atuar como empreendedor individual e assim trabalhar como um profissional liberal e devidamente documentado. 

O aumento de autônomos caminha a passos largos, servindo para muitos como uma opção vantajosa e atrativa financeiramente. Em uma comparação entre 2015 e 2016 chegou em 66,4% o aumento de corretores imobiliários que decidiram se tornar mais independentes como Empreendedores Individuais.

A situação econômica do país estimula para que as pessoas busquem em seus talentos, alternativas para ganhar dinheiro. Aos que possuem boa comunicação, desenvoltura e vontade de crescer financeiramente a corretagem é uma opção a ser considerada. O dom, habilidades e conhecimentos adquiridos, somados ao talento e o mercado com previsões positivas são elementos que juntos só direcionam a colher resultados lucrativos, segundo esse site de imóveis.

Vale lembrar que antes o trabalho de corretor era considerado como uma profissão masculina e com o avanço social, nas últimas décadas as mulheres conquistaram também esse mercado. Para se ter uma idéia, nesse período dos dez últimos anos o crescimento da participação feminina no âmbito imobiliário foi de 44%.

Ainda que o setor não esteja no seu potencial de 100% as expectativas são ótimas e os corretores só têm a aproveitar o momento para o negócio e alavancar de vez sua vida econômica. Por Kelly Queiroz.

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita