ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

Mulher é estuprada e obrigada a comer o próprio bebê com arroz

11 de julho de 2017


Vian Dakhil, a única deputada Yazidi no parlamento iraquiano, revelou numa entrevista comovente os métodos de tortura a que a sua comunidade é sujeita pelos terroristas do Daesh.

Ao canal egípcio Extra News, Dakhil contou que uma mulher Yazidi foi feita escrava sexual do grupo terrorista e depois forçada a comer o próprio filho bebê. "Uma das mulheres que conseguimos salvar contou que era violada diariamente pelo Daesh. Deixaram-na três dias numa caverna sem comida ou água. Depois trouxeram-lhe um prato de arroz e carne, que ela comeu imediatamente por estar esfomeada. Quando acabou disseram-lhe ‘Matamos e cozinhamos o seu filho de um ano que tínhamos raptado. Foi isso que acabou de comer’", contou a deputada, entre lágrimas.


O Daesh consideram que as pessoas de etnia Yazidi não são árabes nem muçulmanos dignos e são tratados como "fiéis do diabo". Desde seu início, o grupo ‘jihadista’ já matou milhares de Yazidis, raptando várias mulheres e crianças que são usadas como escravas sexuais dos terroristas. Fonte:tvcidadesbt.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita