ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

60 mortes em acidentes de trânsito este ano na Ilha

29 de julho de 2017

  

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), 20 desses casos ocorreram por atropelamento; números revelam também uma média de 8,5 óbitos por mês
Motociclista identificado como José Antônio Sousa Silva, de 44 anos, morreu após colidir com dois veículos, na Avenida Jerônimo de Albuquerque
Motociclista identificado como José Antônio Sousa Silva, de 44 anos, morreu após colidir com dois veículos, na Avenida Jerônimo de Albuquerque (Foto: Divulgação)

Sessenta pessoas já morreram por acidente de trânsito neste ano na Região Metropolitana de São Luís - 20 desses casos foram por atropelamento, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Uma média de 8,5 mortes por mês. Nesse mesmo período de 2016, ocorreram 45 casos e durante o ano todo foram 78 óbitos no trânsito. Os números de 2017 são 4% maior que o de 2015, quando 75 pessoas morreram.
Ainda segundo dados da SSP, 10 casos de mortes no trânsito foram registrados na Ilha neste mês. Entre esses registros, três pessoas mortas por atropelamento. Um dos últimos casos ocorreu durante a madrugada do dia 23 e teve como vítima o motociclista Rubem de Jesus Maciel Farias Filho, de 32 anos.
A vítima estava conduzindo uma motocicleta, marca e placas não identificadas, e colidiu em um outro veículo, nas proximidades da Ponte José Sarney, no São Francisco. Rubem Maciel sofreu várias fraturas pelo corpo, inclusive, externas e veio a falecer ainda no local do acidente.

Acidentes
Somente na manhã do dia 17 deste mês, seis acidentes de trânsito graves foram registrados pela polícia e Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) em São Luís, resultando em uma morte e várias pessoas feridas.
Um desses casos teve como vítima um motociclista, identificado como José Antônio Sousa Silva, de 44 anos, que após colidir com dois veículos acabou morrendo com a cabeça esmagada. O fato ocorreu na Avenida Jerônimo de Albuquerque, na Cohab, nas proximidades do Terminal de Integração.
A polícia informou que o motoqueiro, ao tentar fazer uma ultrapassagem irregular, acabou colidindo primeiro com um veículo Kia, e, logo depois, bateu na traseira de um ônibus, que faz linha de São José de Ribamar a São Luís.
O corpo do motociclista ficou debaixo do ônibus e havia marcas de sangue na via. Policiais militares estiveram no local e acionaram os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando estes chegaram o motoqueiro já estava sem vida.
O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, para a autópsia e em seguida liberado para os familiares. No dia anterior, três corpos, identificados como Jeanderson Rodrigues Valentim, João Batista Sousa Lima Filho e Eduardo dos Santos Frazão, foram encaminhados ao instituto, vítimas de acidente de trânsito.
As outras vítimas de acidente de trânsito durante este mês foram identificadas como Celso Luiz Vieira Dockhorn, de 64 anos; uma criança de 2 anos; Maria de Naura Silva, de 44 anos; João Reis Sales, de 33 anos; e Lidiane Neves Silva, de 27 anos.

Mais acidentes
Ainda na manhã do dia 17 deste mês ocorreu um acidente de trânsito na Avenida Getúlio Vargas, nas proximidades do Ministério da Fazenda, no Canto da Fabril, que acabou deixando feridos Manoel de Jesus Silva Dutra, de 65 anos; Arlan Ferreira Gama, de 37 anos; Conceição Lourenço Pinheiro, de 40 anos, e Kerlon Matos Gomes, de 38 anos.
O tenente-coronel Harlan, comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, disse que esse acidente envolveu seis veículos. Um motorista de um coletivo teria tido um mal súbito, acabou avançando o sinal e colidiu com os outros veículos. “Há suspeitas de que o motorista tenha passado mal, mas isso vai ser investigado pela Polícia Civil”, declarou Harlan.
Ele ainda disse que as vítimas sofreram lesões pelo corpo e foram levadas para um hospital na capital. Os veículos tiveram danos materiais e o trânsito foi controlado pelos agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).
Nesse dia, a polícia também registrou o incêndio de um veículo Corsa, de placas não informadas, no bairro da Forquilha. A causa do incêndio somente vai ser divulgada depois da perícia a ser realizada pelos peritos do Instituto de Criminalística (Icrim).
Ainda na manhã do dia 17 ocorreu uma colisão entre um ônibus, que faz linha Calhau, com um carro de passeio, na Avenida Litorânea, mas não houve registro de feridos. Mais dois acidentes ocorreram nesse dia envolvendo carros e motos. Um deles foi registrado no bairro do Coroado e outro na Rua do Aririzal, que liga a Avenida São Luís Rei de França e Daniel de La Touche, mas apenas com registro de dano material.

Mês violento
O mês de junho foi o período do ano mais violento no trânsito e contou com 12 mortes. Enquanto, o segundo mês deste ano que mais ocorreram acidentes com morte foi fevereiro. Um total de 10 casos. O mês de janeiro, quatro casos; março, oito óbitos no trânsito; abril, sete casos; e maio, foram nove casos.

mais

Trânsito com morte este ano

Janeiro: 4 casos
Fevereiro: 10 casos
Março: 8 casos
Abril: 7 casos
Maio: 9 casos
Junho: 12 casos
Julho: 10 casos

Saiba Mais

Acidente na BR-222

A assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que durante a manhã de sexta-feira, 28, ocorreu um acidente no KM 654 da BR-222, na cidade de Açailândia, que resultou na morte de Wallace Antônio Frazão, de 33 anos. A vítima estava conduzindo um caminhão, carregado de sucata, e capotou no meio da via. O excesso de velocidade na via pode ter sido a causa desse acidente e o corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz. Fonte: imirante. Com

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita