IPVA LEGAL - GOVERNO DO ESTADO

IPVA LEGAL - GOVERNO DO ESTADO

ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

Vereadores registram passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down

21 de março de 2017


Vereadores usaram a tribuna da Câmara Municipal na sessão desta terça-feira, 21, para lembrar a passagem do Dia Internacional da Síndrome de Down, que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelo bem-estar, igualdade de direitos e inclusão dos portadores de Down na sociedade.

O vereador Fábio Hernandez (PSC), aproveitou a data para apresentar Projeto de Lrei Ordinária alterando o inciso 2º do artigo 6º da Lei 1.593/2015 que dispõe sobre o Estatuto do Servidor Público de Imperatriz. O projeto foi encaminhado às comissões técnicas da Casa. Caso aprovado, o percentual mínimo de vagas destinado a pessoas com deficiência no serviço público municipal passa de 5% para 10% 

O vereador lembrou também os relevantes prestados pela Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) de Imperatriz e convocou a sociedade em se engajar numa grande campanha para ajudar a entidade. "Qualquer pessoa pode ajudar com qualquer donativo, com serviços filantrópicos ou mesmo visitando a entidade e apoiando suas campanhas", observou.

A vereador Maura Barroso (Pros) propôs a aprovação de uma Moção de Aplausos (in memorian) à professora Juracy Eloi do Nascimento, mãe de portador de síndrome de down, fundadora da Apae/Imperatriz e sua presidente durante três décadas. "A relevância do trabalho da professora merece ser reverenciado a qualquer tempo. Foi uma batalhadora, uma guerreira, que tomou essa causa para si, ajudando centenas de portadores da síndrome e suas famílias", frisou.

Sua colega de partido, Irmã Telma, defendeu maior inclusão dos portadores de down na sociedade. "São diferentes, mas especiais, inteligentes. Temos inúmeros casos bem sucedidos de portadores de down em escolas, no serviço público e na iniciativa privada", lembrou. Ela também ressaltou a história da Apae em Imperatriz e conclamou a sociedade a "prestar mais atenção ao serviço prestado pela entidade, de grande relevância, um patrimônio da cidade".

Fundada há 34 anos, a Apae atravessa problemas financeiros desde o ano passado, quando o governo municipal passou a atrasar os repasses vindos do governo federal. Com uma equipe multiprofissional, oferece reabilitação física, acompanhamento terapêutico e assistência psicológica. atende mais de mil portadores de down.

O vereador Aurélio Gomes (PT), que visitou a entidade  acompanhado de outros vereadores, disse que o atual governo repassou até agora somente o recurso referente ao mês de janeiro. "Falta ainda novembro e dezembro do ano passado", denunciou.

Alberto Souza, líder da bancada do PDT, propôs que os vereadores ajudassem a entidade com seus próprios recursos. "A Apae precisa de nossa ajuda agora", justificou. 

Síndrome de Down

Caracterizada pela presença de 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população, a síndrome de Down ocorre no momento da concepção. Pessoas com essa síndrome têm características típicas como olhos oblíquos, rosto arredondado, mãos menores com dedos mais curtos, prega palmar única e orelhas pequenas; além de estarem mais propensas a uma maior incidência de doenças, como a diminuição do tônus muscular responsável pela língua protusa, dificuldades motoras, atraso na articulação da fala e, em 50% dos casos, cardiopatias e problemas de vista.

Texto: Carlos Gaby/Assimp
Foto: Divulgação

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita