FIO MODAS COM GRANDES PROMOÇÕES, VENHA CONFERIR!

FIO MODAS COM GRANDES PROMOÇÕES, VENHA CONFERIR!

CHUVA E VENTANIA DESTROEM TELHADOS E DERRUBAM ÁRVORES EM BACABAL

23 de setembro de 2016


A chuva que caiu no inicio da tarde da última quarta-feira (21), foi rápida, mas durou tempo suficiente para causar danos e estragos em Bacabal.

Ao cair sobre a rede elétrica, a árvore que fica em frente ao local onde funciona a justiça federal provocou a interrupção no fornecimento de energia em toda a área e, de acordo com seu Marcílio, dependendo do tempo que irá durar a interrupção muita coisa pode acabar se perdendo no comercio dele.




Em outro ponto da cidade, o vento também ocasionou destruição.

Ao chegar a sua residência, seu Raimundo Nonato deparou-se com uma arvore sobre a casa dela, consequência da chuva e dos ventos. No local o fornecimento de energia também foi interrompida, algo que provocou o termino das aulas nessa faculdade particular.



A queda da arvore que compunha a arborização da Avenida Magalhães de Almeida também trouxe transtornos a condutores de veículos, pois vários foram os motoristas que tiveram que desviar seus veículos para contra mão, já que uma das vias da Avenida ficou interrompida.


Devido aos danos causados a rede elétrica, uma equipe da CEMAR esteve no local avaliando os prejuízos. Homens do 6º BBM também se deslocaram ao local, entretanto, as equipes avaliavam como seria a melhor maneira para remover a árvore. Mas a desobstrução da via naquele primeiro momento era um dos objetivos, assim como eliminar os riscos relacionados a choques elétricos.


Morador da Avenida Magalhães de Almeida, seu Raimundo Nonato aguardou no meio da rua a remoção da árvore para ver se algo na casa dele havia sido danificada com o curto circuito ocasionado com a chuva e a queda da árvore.

Enquanto Dona Terezinha agradecia a Deus, outros moradores da rua nunes pires contabilizavam prejuízos.

De acordo com moradores da região atingidas pelos fortes ventos  a cobertura desse prédio localizado as margens da BR – 316, acabou sacando com a ventania, onde as telhas caíram o rastro de destruição foi eminente. 




No momento que a casa era destruída, Dona Berlinda imaginou que o barulho fosse em outro local, por isso quando as telhas caíram sobre a casa dela, não bateu o desespero.

O cenário era de guerra, destruição por todos os lados. Na rua moradores assustados, outros não acreditavam no que viam.Fonte: blog Falando Sério...

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita