IPVA + MOTO LEGAL

IPVA + MOTO LEGAL

ArFrio refrigeracoes

ArFrio refrigeracoes
Peças e Serviços. Soluções em Ar-Condicionado. (99) 98156-9313

A GANÂNCIA, E PRESSA PELO PODER, PODERÁ INTERROMPER CARREIRA POLITICA DE DEPUTADO PRECOCEMENTE, COMENTOU ANALISTA POLÍTICO.

8 de maio de 2016


A sucessão do prefeito Sebastião Madeira (PSDB)já poderia ter outra configuração,  sem a liderança do oposicionista Ildon Marques nas pesquisas,  caso os comunistas não investissem na divisão das legendas que lutaram para que o PCdoB chegasse ao Palácio dos Leões. Observadores da política local acreditam que a candidata natural do Grupo governista,   Rosângela Curado,  segunda colocada nas sondagens eleitorais,  já teria consolidado sua campanha se os dirigentes do PCdoB não trabalhassem cotidianamente para "furarem" a fila dos pretendentes ao Palácio Renato Moreira.

Curado,  que perdeu a eleição de 2012 com expressiva votação,  já conta com o apoio de aproximadamente 10 partidos à sua pré candidatura. Essas siglas reúne número tão expressivo de pré candidatos a vereador que seriam capazes de formar quatro chapas proporcionais. "Rosângela está pronta para se tornar a primeira prefeita. Basta o governador ser grato pelo esforço que a pedetista fez por ele na campanha vitoriosa de 2014",  acentua um analista.

A tarefa de unir a base flavista no pleito que se aproxima é facilitada pela postura de Sebastião Madeira  (PSDB). Como o mandatário não demonstra desejo de patrocinar uma candidatura,  reiterando que pretende apoiar o candidato do governador,  bastaria conter o desejo comunista pela hegemônica política no Município. Caso se juntem no mesmo palanque,  governador e prefeito elegeriam,  com facilidade,  qualquer nome.

Não é de hoje que o PCdoB local,  umbilicalmente ligado ao Secretário de Estado Márcio Jerry,  ameaça atropelar os correligionários. Ainda em 2015,  primeiro ano do Governo,  foi lançado o Secretário de Estado Clayton Noleto. Como não decolou,  o deputado Marco Batista passou a movimentar-se como prefeiturável. Mesmo apresentando-se em nome do Governo ele não conseguiu mais do que 5 apoios partidários, e duas chapas incompletas de vereador.

Não será fácil Marco Batista decolar. Há uma resistência a Marco Batista por que ele não cumpriu o mandato de vereador, e  seu mandato de deputado na eleição estará apenas com um ano nove mês e um dia, ensejando comparação com o radialista João Batista,  que tentou interromper o mandato de deputado estadual em 2010 pela aventura de tornar-se prefeito. "Será mais um a encerrar a vida pública" precocemente, em detrimento da pressa, e da ganância pelo poder ?,  prevê um profissional da comunicação.

Consta que nos próximos dias o presidente regional do PDT,  deputado  Weverton Rocha (PDT) conversara com Flávio Dino sobre a sucessão local. Weverton e o presidente nacional pedetista,  Carlos Lupi,  cobram o apoio do governador à correligionário há meses. Rocha já garantiu que Rosângela estará na disputa em qualquer circunstância,  acrescentando que a falta de solidariedade do PCdoB terá reciprocidade em 2018. Flávio Dino terá de dizer aos pedetistas se prefere ou não correr esse risco.Fonte blog do Fontenele. 

Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog Asmoimp - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita